bicicleta na veia farol k-lite caminho do itupava pedal curitiba

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Pedal Maringá - Nova Esperança

Como forma de encerrar pedais longos na região de Maringá - dia 11 retorno a Curitiba - optei  por deslocar-me para Nova Esperança, distante cerca de 40 km de Maringá. Dei inicio ao desafio às 9h15min desta sexta-feira. 
Chegando a rodovia fui surpreendido por um forte vento lateral fazendo com que o rendimento fosse bastante prejudicado. Após rodar cerca de 25km cheguei a praça de pedágio da cidade de Castelo Branco e, para minha surpresa, no exato momento em que estava transpondo a chancela, fui sumariamente impedido por um funcionário da VIAPAR (concessionária que administra o trecho) de continuar por aquele caminho, apesar de a discussão ser travada no meio da pista de rolamento. O despreparo daquele cidadão ao não admitir que bicicleta seria um veículo como outro qualquer causou-me intensa revolta e demonstrou seu total desconhecimento sobre o que disciplina o Código de Trânsito Brasileiro (ex vi, art. 96, a, 1, da Lei 9503/1997), bem como revelou, ao que parece, a ausência de política da concessionária na capacitação de seus colaboradores, em especial, sobre como atender os usuários da via. Afinal bicicleta é um veículo que possui prioridade sobre todos os demais, inclusive!

Tirando essa insólita discussão cheguei a Nova Esperança, após pedalar cerca de 1h45min.
No retorno a Maringá, novamente fui incomodado pelo forte vento que, em certos trechos me pegava de frente, chegando a chacoalhar minha bicicleta "a Espoleta".
No final, após rodar mais ou menos 105 km (não sei com precisão pois meu ciclocomputador parou de funcionar), cheguei muito cansado, mas com a cabeça leve em saber que mais um excelente desafio foi concluído com sucesso.


Abaixo as fotos e vídeos da aventura:












video

Nenhum comentário:

Postar um comentário