bicicleta na veia farol k-lite caminho do itupava pedal curitiba

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Caminhos do Anhangava - (Single Tracks)

Ontem, 17.04.2011, partimos para um pedal totalmente sensacional.

A convite do Gilberto, eu, China e Júlia nos encontramos na Divesa (trevo do Atuba), às 13h30min, com destino a região do Morro do Anhangava.
Nosso ponto de partida foi a Chácara do Denis (cunhado do Beto), localizada exatamente no pé do morro. Aliás, nesse local o Denis construiu uma pista de Cross Country (XC), com aproximadamente 500 m de comprimento, que é pura técnica e adrenalina. Um local digno de colocar sua coragem à prova e exercitar sua concentração e força. Eu que nunca havia andado numa pista como esta achei incrível!
Com o aquecimento realizado nessa pista, por volta das 14h30min, partimos para nossa aventura. Juntamente com o Denis, saímos para explorar a belíssima região e, de cara, pegamos uma subida fodox - que nos levou a subir 200m de altitude, depois que pedalarmos cerca de 1000m. Foi de fritar os músculos!

Ao final da subida chegamos ao trailer do pessoal de apoio do Morro do Anhangava. De lá, pulamos uma cerca e pegamos trilha  single track muito divertida. 





Após o China emendar a corrente da Júlia, fomos para outra trilha que nos levou a uma cachoeira, denominada de Curralinho. O visual é fantástico e a água cristalina...
video
video




video

Após o refrescante momento, partimos para a cereja do bolo. 
Essa trilha que o Beto nos apresentaria foi simplesmente alucinante. Um verdadeiro single track que até para os mais destemidos não seria tarefa fácil. 


Em certos pontos ficar em cima da bike era tarefa impossível. Os escorregões e as risadas foram inevitáveis.




A trilha nos devolveu na Estrada Dom Pedro, de onde rumamos para mais aventura.

Retornando para o Morro do Anhangava pegamos mais uma single track como saideira. Apesar de curta, é técnica e o seu final é digno de aplausos - por terminar num descampado onde parece que o Morro do Anhangava é uma miragem... Lindo demais!




Por fim, no apagar das luzes eis que surge no céu uma extraordinária lua cheia ao lado do Anhangava, formando um visual incrível, brindando nosso sensacional pedal!
Realmente, foi um dia incrível. Neste domingo tivemos a oportunidade de conhecer uma das regiões mais belas e perfeitas para a prática do MTB. Agradeço ao convite do Beto e do Denis pela oportunidade, a qual certamente entrou na lista dos três melhores desafios que já participei.


Dados do Pedal:


Quilômetros rodados: 20 km
Tempo: 2h30min
Imprevistos: corrente remendada
Dificuldade: média
Beleza Natural: 5 estrelas (uma até cinco estrelas)

Um comentário:

  1. é Velh , Massa Aki Na Borda mesmo , Haaha , ja andei Muito loko em todas essas partes de bike ai *O*

    ResponderExcluir